sexta-feira, 21 de março de 2014

Ah bom, afinal sou gorda!

Ontem, na avaliação física que fiz no ginásio, fiquei a saber que sou gorda e, pior que isso, que sou uma falsa. Uma falsa magra, quero eu dizer. Ou seja, sou magra (que chegue!), mas o meu interior é gordo. Tenho 22% de massa gorda, quando devia ter 19%-20%!

A minha estupefação foi enorme, porque nunca ninguém que me tivesse feito medições ou analisado a minha estrutura, me tinha dito tal. Perguntei ao professor o que devia, então fazer, em termos de alimentação - não fumo, não bebo, não toco em Coca Colas e bebidas gaseificadas, não gosto muito de doces, não me rendo facilmente a coisas de pastelaria, raramente toco em massas folhadas, pizas e afins e fritos na nossa casa são coisa rara - de tal modo que um litro de óleo dura eternidades (mesmo!). Como todos os dias sopa, incluo legumes em todas as refeições, assumo a fruta após a refeição como obrigatória e a água é a minha única bebida ao longo do dia. Onde estará o erro, então?

Tendo-o posto a par de tudo isto, perguntei então o que me estaria a provocar essa massa gorda, ao que ele me pergunta: "Costuma comer hidratos de carbono - arroz, massa, pão, etc.?". "Claro!" - respondo eu. E ele faz aquele olhar de "aí-tens-a-resposta-totó" que apenas me merece o seguinte comentário que acabou mesmo por lhe ser dirigido:
- "Se não comer hidratos de carbono fico anémica e emagreço. E eu gostava de continuar a ser saudável e evitar parecer um palito, se pudesse ser".

Ele riu-se e eu percebi que ele não deve entender muito da coisa. Eles, no fundo, só veem massas e depois disparam aquelas teorias como se dominassem a questão. Lá concluiu a avaliação a dizer "É manter tudo o que faz e associar a uma prática regular de exercícios específicos".

Hã, valeu ou não valeu a pena a avaliação, sua falsa magra? Queres consultas de graça? Exercita, mas é!

E vocês, já fizeram avaliações físicas que não vos tivessem convencido?




2 comentários:

Maria Varredoura Pau de Vassoura disse...

Uma refeição equilibrada leva de tudo.
Acho exagerada algumas obsessões de alguns treinadores.
Eu sou uma alta cheia (ohh para o termo carinhoso que me emprego), lol.
Aos olhos da minha treinadora sou gorda k'horror!!!!
E eu não me acho.....

Joana disse...

Maria, eles que se concentrem na parte do exercício físico, que acho que mais do que isso já não é coisa que dominem... ;)