terça-feira, 17 de abril de 2012

A televisão. E depois, a TVI.

Vai o senhor ver em casa o que se passa com o sinal digital, que não havia maneiro daquilo funcionar. Duas horas passadas, cabos mudados, antenas redirecionadas, sinais amplificados e mais uns quantos ajustes e a coisa dá-se. Quatro canais com imagem perfeita, cores e definição excelentes e bom som. Bom som, quer dizer... até chegar à TVI. Está a dar o programa "Você na TV" e a qualidade do som está fraca. Digo eu ao técnico: 
"Este som na TVI não está muito bom, pois não?". 
Diz ele: 
"Pois não, mas isso é mesmo da Cristina Ferreira. É só esperar que o programa acabe que o som da TVI melhora logo."
Foi inevitável rir-me (e não foi pouco) e concordar. A verdade é que à noite, quando regressei a casa, o som do Jornal das 8 era igual ao de qualquer um dos outros canais.
São uns galhofeiros, estes técnicos do audiovisual. Gostei do sentido de humor apurado e no timing correto, sim senhor. Haja boa disposição, caraças! Assim até custa menos pagar o serviço. (Mentira. Custa na mesma. Isto é só para me iludir.)


1 comentário:

Ana Jorge disse...

ahah COmpletamente.
Ainda é bom conseguirmos rir no meio deste cenário tão desanimador. E a TVI ajuda nisso!