quinta-feira, 19 de abril de 2012

Ontem foi mais uma.

Mais uma fase em que a água transbordou do copo. São muitas pequenas gotas disfarçadas até uma enchente que não deu mais para aguentar. Ontem, voltei a questionar tudo sobre a minha vida profissional e cheguei a conclusões más, talvez desfasadas da realidade, mas muito influenciadas por tudo o que (não) vejo a acontecer, e que minaram a minha auto estima e me alojaram uma enorme dor no coração.
Ontem não foi um dia bom e os reflexos teimam em manter-se aqui, ainda hoje. E talvez não fiquem por pouco tempo, infelizmente.

4 comentários:

Ana Jorge disse...

É difícil aguentar algumas coisas... Às vezes é preciso pôr as coisas em perspectiva. Força, beijo*

Joana disse...

Muito obrigada, Ana! :) É na estratégia de pôr as coisas em perspetiva que aposto também, mas às vezes a cabeça está tão mergulhada no escuro que nem assim lá vai. A coisa há de melhorar (creio eternamente nisto, há é dias em que me esqueço...).
Obrigada.

Beijinho e sê muito bem vinda! :)

Ana Jorge disse...

(não cheguei agora, sou a estrela do ar, mas o Google passou-me para a identidade "real" do Google+) Beijo!

Joana disse...

Ah bom :) Daí se explica a imagem da estrela! :) Tudo esclarecido! ;)
Beijinho, Ana (ou Estrela do Ar)*