quarta-feira, 8 de junho de 2011

Alguém me explique pf.

Qual é a lógica dos larguíssimos lugares de estacionamento dedicados exclusivamente a grávidas que proliferam nos parques dos hipermercados e centros comerciais deste país? Não é por uma mulher estar grávida que o carro ocupa mais espaço, certo? Ou está-me a falhar alguma informação? 

(Brilhante ideia de um homem, só pode.)


3 comentários:

estrela do ar disse...

Porque as grávidas precisam de ficar mais perto das saídas para não andarem tanto. E os lugares são para grávidas e acompanhantes de crianças de colo, e essas sim precisam de espaço, para tirar uma cadeirinha do carro é preciso abrir a porta do carro e muitas vezes nos lugares normais isso não é muito fácil.
(E não estou grávida nem sou acompanhante de criança de colo, mas só posso achar bem que haja mais preocupação com isso, mesmo que seja ideia de um homem.)

Tu sabes... ;) disse...

Se calhar porque precisam de mais espaço para abrir as portas devido à barriga... Mas também servem para aquelas que transportam crianças fora da barriga tipo ao colo...

Mas se fosse ideia de um homem, com certeza que existiriam também lugares exclusivos para mulheres e todos eles eram bem largos e com luzinhas a piscar como as que se usam nos aeroportos... (e mesmo assim não sei...):D

Joana disse...

Estrela do ar,

O facto de necessitarem de lugares mais próximos das saídas faz todo o sentido, mas não justifica a largueza exagerada do espaço de estacionamento... A parte de transporte de crianças é também bastante lógica, sim senhor, mas para isso existe um símbolo próprio. O símbolo que vemos nos parques dos hipermercados e a que me refiro em particular neste post destina-se exclusivamente a grávidas. Para recém-mamãs, a ideia teria viabilidade por causa dos carrinhos e das necessárias movimentações que a segurança de uma criança exige. A questão prende-se só com o porquê para mulheres grávidas? Não deveria ser antes para acompanhantes de crianças de colo?